Arquivo da tag: expansão da consciência

Livros Que Ampliam A Consciência – Parte II

Segunda parte da série que traz um compilado de Livros Que Ampliam A Consciência. Livros para te inspirar e aspirar novas formas de encarar o mundo, de olhar para si mesmo por diferentes perspectivas, e principalmente contribuir para a formação de cidadãos planetários integrados com o todo.

A Voz do Silêncio – Helena Blavatsky

Publicado pela primeira vez em 1894, o livro traz consigo preceitos espirituais que têm origem nas Pergaminhos Tibetanos. Com uma linguagem poética e sublime, a autora conduz os leitores a um caminho que leva à purificação e iluminação com diversas recomendações práticas para se inspirar.

1984 – George Orwell

Inspirado no totalitarismo dos anos 30 e 40 do século passado, Orwell convida o leitor a refletir sobre o controle estatal e a vigilância do Big Brother. Passados muitos anos desde a publicação do livro, vemos que o controle estatal ainda persiste, com formas de vigilância mais rebuscadas e escusas como nunca antes.

Matrix – Bem-vindo ao deserto do real – William Irwin

Para quem já assistiu a trilogia completa do filme Matrix, talvez muitos trechos passaram despercebidos ou não ficaram muito claros. Nesse livro os autores decodificam muitas cenas do filme com o suporte de filósofos clássicos para trazer à tona questões sobre a realidade, a mente, a liberdade e a inteligência artificial.

O Universo Numa Casca de Noz – Stephen Hawking

Com uma linguagem leiga ao mesmo tempo que bem-humorada, Hawking explora o Universo a partir da física teórica para explicar sobre as leis que regem o Universo. Assuntos como relatividade, princípio da incerteza e mecânica quântica são uns dos assuntos abordados no livro.

Sonhos – Viagem à Alma – Euripedes Kuhl

Uma pesquisa extensa realizada por um grupo de alunos que foram a fundo nas tradições mitológicas, históricas, religiosas e científicas do sono e do sonho.

O Mundo de Sofia – Jostein Gaarder

Um livro que conta a história de Sofia e seu professor misterioso de filosofia começa com perguntas como ‘quem é você’ e ‘de onde vem o mundo’, é recheado de abordagens filosóficas e envolve o leitor numa viagem surpreendente.

O Despertar De Uma Nova Consciência – Ekhart Tolle

Seguindo a mesma linha transcendental do livro O Poder do Agora, Tolle aborda assuntos como o ego, como ele se forma e o seu artifício de ação dentro de nós, sem deixar de abordar a presença, a ideia central do seu ensinamento.

O Universo Autoconsciente e a Física da Alma – Amit Goswami

Amit expõe a física quântica para explicar de forma científica o princípio hermético do mentalismo, que é a consciência criadora da realidade individual e coletiva, e também trata sobre a roda reencarnatória a partir da releitura do Livro Tibetano dos Mortos.

As 7 Leis Espirituais Para o Sucesso – Deepak Chopra

Tendo como inspiração os preceitos espiritualistas e hinduístas, Chopra argumenta que o sucesso pessoal não é resultado do esforço mundano ligado à ambição desmedida, planos e trabalho duro, e sim na nossa compreensão enquanto seres humanos (e nosso papel) e de como seguir as leis da natureza.

 

***

 

Livros Que Ampliam A Consciência

Uma seleção de livros que de alguma forma ampliam a nossa consciência, que nos fazem refletir sobre nós mesmos e que criem e/ou fortaleçam uma visão crítica sobre o mundo ao nosso redor. Um post que certamente terá continuações, tendo em vista a infinidade de livros sobre o assunto. A seguir, 10 Livros Que Ampliam A Consciência.

Coragem, segundo Osho, não é a ausência de medo. Pelo contrário, é a presença inegável do medo, mas com a disposição de enfrentá-lo.
 
Neste estudo Jung fornece uma abordagem psicológica para o entendimento da alquimia medieval, a relação entre os seus processos e o desenvolvimento da personalidade.
 
Combinando conceitos do cristianismo, do budismo, do hinduísmo, do taoísmo e de outras tradições espirituais, Tolle procurou elaborar um guia para a possível descoberta do potencial interior.
 
O livro apresenta a filosofia cartesiana não segundo um esquema autobiográfico, mas com um tom mais filosófico, destinado a filósofos, com meditações metafísicas, que buscam não apenas introduzir um critério da verdade e colocar a razão no centro da intuição da vida, mas também levantar alguns dos problemas da metafísica para os quais nem sempre era possível propor soluções.
 
Um relâmpago brilhante de conhecimento que ilumina os confins distantes da mente humana nos quais a feitiçaria e a magia são reveladas, finalmente, como metáforas da necessidade do homem de compreender a si mesmo e ao mundo em que vive.
 
 
As Portas da Percepção (no original em inglês, The Doors of Perception) é um livro de 1954, escrito por Aldous Huxley, onde o autor pormenoriza as suas experiências psicodélicas quando tomou mescalina. O título provém de uma citação de William Blake:
“Se as portas da percepção estivessem limpas, tudo apareceria para o homem tal como é: infinito”.
 
O Dia do Coringa é a história de muitas viagens fantásticas que se entrelaçam numa viagem única e ainda mais fantástica – e que só pode ser feita por um grande aventureiro: o leitor.
 
 Um guia de auto-ajuda na área da psicologia e das relações humanas, que aborda também a alma e o espírito.
 
O livro trata do difícil, perigoso, porém necessário relacionamento entre o eu e o inconsciente.
 
Um combo de filosofia e psicologia.

***