Música

Conheça o Novo Disco do Hendrix – Both Sides of the Sky

O mestre da guitarra pode ter deixado o mundo há 48 anos, mas sua música continua tão viva quanto antes, e será eterna enquanto existir apreciadores da sua arte, do qual acredito que sempre existirá por se tratar de uma inspiração e criatividade musical atemporal e sempre atual.

Enquanto vivo, Hendrix lançou três discos icônicos para a história do rock à frente do power trio The Jimi Hendrix Experience, sendo eles Are You Experienced? (1967), Axis: Bold As Love (1968) e Electric Ladyland (1968), sem deixar de mencionar sua breve criação musical junto ao Band of Gypsys (1970). Como um astro do rock que virou uma lenda depois de sua passagem, muita coisa póstuma foi lançada para a alegria dos fãs que têm nesses discos póstumos uma forma de compensar uma perda inestimável de um cara que poderia ter produzido muito mais sons incríveis se não tivesse partido tão cedo.

Ao todo foram até agora nove lançamentos de discos póstumos, sendo eles The Cry of Love (1971), Rainbow Bridge (1971), War Heroes (1972), Loose Ends (1974), Crash Landing (1975), First Rays of the New Rising Sun (1997), Valleys of Neptune (2010), People, Hell and Angels (2013), e o último lançamento Both Sides of The Sky (2018).

É desse último lançamento que falo um pouco agora. Lançado em março de 2018, traz 13 faixas inéditas de gravações feitas entre 1968 e 1970, incluindo composições do próprio Jimi e alguns covers, tendo Eddie Krammer à frente da engenharia de som, o mesmo que produziu o primeiro disco póstumo The Cry of Love, que na minha opinião é o melhor álbum póstumo do Hendrix.

Entrevista com o engenheiro de som do disco Both Sides of the Sky:

 

Ter um novo lançamento do Hendrix é sempre bom, porém não se pode deixar de mencionar que Jimi era extremamente exigente sobre sua música, e a pergunta que fica é: será se ele aprovaria esses lançamentos póstumos? Bom, pelo menos no que se refere ao último álbum lançado acho que ele não aprovaria todas as faixas do álbum. Muita coisa que o Jimi gravou em estúdio foi apenas um ensaio e/ ou uma diversão entre uma gravação e outra, e muito do que foi lançado postumamente ao longo desses quase 50 anos foram originalmente descartados pelo próprio guitarrista. #pararefletir

Deixando as críticas de lado, o disco está disponível em diferentes versões, como CD, em serviços de streaming (Spotify, Apple Music) e em vinil, trazendo algumas músicas já conhecidas como Lover Man, que ficou eternizada em sua versão sagaz no Woodstock e que nesse álbum Jimi apresenta um som mais calmo, porém não menos enérgico. Outro som incrível que fica ainda mais incrível nessa coletânea é Power of Soul, seguindo a mesma ideia de Lover Man, uma sonoridade leve com toda a energia guitarrística que só Hendrix possui. Dá uma olhada na lista completa das músicas contidas no álbum:

Both Sides of the Sky
 1. Mannish Boy
 2. Lover Man
 3. Hear My Train A Comin
 4. Stepping Stone
 5. $20 Fine
 6. Power Of Soul
 7. Jungle
 8. Things I Used to Do
 9. Georgia Blues
 10. Sweet Angel
 11. Woodstock
 12. Send My Love To Linda
 13. Cherokee Mist

No Youtube há algumas faixas disponíveis do álbum:

 

 

 

 

Compartilhe com o Universo
  • 72
    Shares
Etiquetas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar